Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Covid19 > Avaliação no ECE
Início do conteúdo da página

Avaliação no ECE

Publicado: Sexta, 24 Abril 2020 19:31 | Última Atualização: Sexta, 24 Abril 2020 22:43 | Acessos: 270

Sobre avaliação

Ao elaborar uma avaliação, a intenção do professor deve ser criar uma situação para que o aluno aprenda e não apenas para confirmar se os conteúdos trabalhados estão em conformidade com o que é reportado na prova. Além disso, a avaliação deve ser vista não como parte, mas como dimensão integrante do currículo, na medida em que ela se incorpora à totalidade do processo pedagógico, portanto, está no seu início, meio e fim (Silva e Gomes, 2013). 

Assim, questionamentos como: o que, como e para que avaliar, indicam as diferentes modalidades que a avaliação pode assumir. A intenção é também proporcionar condições de decidir sobre alternativas do planejamento do trabalho do professor.

Tipos de Avaliação

A avaliação pode ser compreendida nas seguintes modalidades:

  • Diagnóstica tem a função de diagnosticar as necessidades dos alunos, com o propósito de verificar a presença ou a ausência de pré-requisitos para novas aprendizagens, detectar dificuldades específicas, tentando identificar suas causas. A avaliação diagnóstica pode orientar os esforços do aluno para definir um modo pessoal de aprendizagem. 
  • Formativa possibilita motivar alunos e professores para atingir objetivos, bem como controlar se os objetivos estabelecidos foram alcançados. A avaliação formativa possibilita a identificação de problemas resultantes das práticas pedagógicas e a sugestão de novos métodos, técnicas e/ou recursos didáticos que possam melhorar o processo ensino-aprendizagem. 
  • Somativa tem a função de classificar os resultados de aprendizagem alcançados pelos alunos de acordo com níveis de aproveitamento estabelecidos. Esse tipo de avaliação possibilita prever resultados e facilitar uma orientação geral do curso/disciplina.

Quem avalia?   (Adaptado de Kim, Smith & Maeng, 2008) 

Quem avalia?

Como acontece e vantagens

Autoavaliação

É realizada pelo próprio aluno. A autoavaliação é importante e pode promover o engajamento do aluno no processo, fazendo-o refletir sobre seus aprendizados, suas limitações e motivá-lo a ser responsável pelo próprio desenvolvimento. Na prática o aluno participa da avaliação de seu próprio aprendizado, medindo o seu desempenho. O que é necessário? Que os objetivos de aprendizagem estejam claros e bem definidos para o aluno, o conteúdo delimitado e a ferramenta de avaliação estabelecida.

Avaliação dos Pares

Os alunos são responsáveis por validar o aprendizado um do outro, e também pelo seu próprio. O que é necessário? Definir critérios, criar rubricas e organizar o processo avaliativo para que os alunos compreendam o que e como avaliar. Em atividades realizadas em grupos, por exemplo, os dados agregados na avaliação por pares podem incentivar os alunos a avaliar confidencialmente suas próprias contribuições e as de seus colegas para as tarefas e manutenção da equipe.

Avaliação pelo Professor

O professor é o responsável por avaliar a aprendizagem do seu aluno e com base nos resultados obtidos pode desenvolver estratégias de ensino. O que é necessário? Verificar os objetivos de aprendizagem, elaborar instrumentos de avaliação, definir critérios, entre outros. 

O que é Feedback?

Para que a avaliação seja parte integrante do processo de ensino e aprendizagem o feedback deve desempenhar um papel central. Comparado ao ambiente tradicional, o feedback em ambientes online pode afetar diretamente o que os alunos aprendem e com que eficácia o fazem. O uso da comunicação eletrônica pode favorecer o feedback adequado e imediato e transformar a experiência de avaliação no contexto de uso do tempo, clareza de expectativas para os alunos e eficiência no gerenciamento do processo geral.

Estratégias e Ferramentas de avaliação no ECE

Diferentes ferramentas e atividades ativas podem ser usadas nos processos de avaliação. Nos ambientes virtuais, as ferramentas se diferenciam em síncronas, que permitem a comunicação em tempo real, como chat (bate-papo), por exemplo, e assíncronas, que não exigem a presença dos participantes simultaneamente, como glossário, diálogo, blog, fórum, questionário e wiki.

Atividades ativas são trabalhos/projetos propostos aos alunos, geralmente utilizando ferramentas do AVA como fórum, wiki etc., que objetivam o reforço da interação docente-discente, além de estimular a autonomia e a criatividade. Para isso, é importante que a atividade possibilite ao aluno a construção de um conteúdo, que será o produto final passível da avaliação pelo docente. Esse produto final pode ser apresentado como uma síntese, resposta de questões e/ou resolução de problemas, infográficos, mapas conceituais/mentais, apresentações, resultados de pesquisas, passo a passo/tutorial, imagens, história em quadrinhos, gráficos etc.

Elaboramos um quadro com atividades ativas de avaliação, ferramentas externas, do Tidia e Moodle.  

Atividade

Ferramenta

Tutorial

Prova on line
  • Externo: Easy LMS
  • Moodle: Questionário
  • Tidia: Exercícios
Discussão
  • Externo: Facebook
  • Tidia/Moodle: Fórum
Resolução de problemas
  • Tidia/Moodle: Atividades
 
Questionário
  • Externo: Google Forms, Surveymonkey, Mctest, Kahoot
  • Moodle: Questionário
  • Tidia: Exercícios
Brainstorm
  • Externo: Mind
  • Tidia/Moodle: Wiki
Vídeo situação-problema
  • Externo: Youtube
  • Tidia: Atividades
  • Moodle: Tarefas
Mapa conceitual
  • Externo: Mind, Coggle
  • Tidia: Atividades
  • Moodle: Tarefas
Rubricas
  • Externo: Microsoft Teams
Avaliação por pares   

Os tutoriais com as ferramentas do TIDIA e Moodle estão disponível em “Tutorial básico do TIDIA4” e “Tutorial básico do Moodle”na página Ferramentas Didáticas

Sugestão de passos para construir a estratégia de avaliação:

  1. Defina o que você quer avaliar e como ela ajudará no processo de aprendizagem (o que quer medir? ele ajudará a melhorar o processo de aprendizagem? ele ajudará a ter um diagnóstico do aprendizado? Esta avaliação é construtiva para o aluno? etc;
  2. Qual a frequência e quantas avaliações serão realizadas?
  3. Como fará cada avaliação? (autoavaliação, avaliação dos pares, avaliação pelo professor)
  4. Qual será o formato? (Projeto, teste, quiz, questionário etc.)
  5. Como dará o feedback?
  6. Como cada avaliação integrará o “todo” da avaliação?

Exemplo de uma estratégia para uma aula:

O que avaliar? Avaliação do conteúdo da semana;
Qual o Objetivo?

Oportunidade para o aluno se engajar no processo de aprendizagem,
refletir como foi o seu desempenho relacionado ao tema da semana e
identificar suas dificuldades e progressos;

Frequência Semanal;
Como fará a avaliação Teste de múltipla escolha;
Formato Ferramenta exercícios do TIDIA;
Feedback Resposta automática com feedback para questões corretas e incorretas para a verificação pelo aluno.

 

  


Referências

SILVA, Maria Urbana da; GOMES, Delarim Martins. MIL, Organização Daniel Mill e MACIEL, Cristiano Maciel (org). Educação a distância: Avaliação na educação a distância. Cuiabá: EdUFMT, 2013.

KIM, Nari;  SMITH, Matthew J.; MAENG, Kyungeun. Assessment in Online Distance Education: A Comparison of Three Online Programs at a University. Online Journal of Distance Learning Administration, Volume X1, Number I, Spring 2008 University of West Georgia, Distance Education Center. Disponível em: https://eric.ed.gov/?id=EJ1065500.


Contato para dúvidas ou sugestões:
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Registrado em: Estudo Continuado Emergencial
Fim do conteúdo da página